Assistência Farmacêutica Avançada: o programa de serviços farmacêuticos da abrafarma

Cuidar da nossa saúde e bem-estar é um desafio constante que, além de boa alimentação e atividade física, nos exige visitas regulares ao médico e realização frequente de exames, sem contar vacinas e medicamentos.

Quanto mais envelhecemos, mais importante se torna esse cuidado, para nós e para toda a nossa família. No entanto, a nossa vida é sempre muito corrida, existem muitas informações disponíveis atualmente e nós precisamos dedicar boas quantidades de tempo, energia e dinheiro para dar conta de tudo isso.

Pensando nessas dificuldades, as farmácias pretendem ampliar sua oferta de serviços, ampliando o acesso da população ao farmacêutico e aos serviços clínicos que ele pode oferecer. O papel do farmacêutico tem ganhado projeção nos últimos anos, como profissional que pode estar mais próximo da população, ajudando médicos e pacientes a alcançarem melhores resultados de saúde.

Em 2014, a publicação da Lei no. 13.021 estabeleceu um novo marco para a saúde, definindo as farmácias como estabelecimentos prestadores de serviços, destinados a prestar assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação em saúde. Com esta lei, passa a ser obrigação do farmacêutico no exercício de suas atividades nas farmácias, o acompanhamento farmacoterapêutico, à orientação sanitária e à manutenção do perfil farmacoterapêutico dos pacientes.

De forma sinérgica com esta nova realidade, a ABRAFARMA deu início em 2013 ao projeto “Assistência Farmacêutica Avançada”, a fim de construir para suas redes associadas um modelo de serviços farmacêuticos, trazendo dos países desenvolvidos para o Brasil o que há de melhor e mais inovador nesta área, adaptados à nossa realidade e às necessidades dos brasileiros.

Foram criados oito serviços que visam atender a uma ampla gama de necessidades de saúde dos pacientes. São eles: Hipertensão em dia, diabetes em dia, colesterol em dia, revisão da medicação, autocuidado, imunização, parar de fumar e perda de peso.

Como forma de dar base ao projeto, foi lançado também o Programa de Certificação Profissional, que oferece uma série de cursos livres e pós-graduação em farmácia clínica e serviços farmacêuticos aos profissionais das empresas associadas, a fim de desenvolver as competências necessárias ao desempenho de funções clínicas.

Cuidar da nossa saúde e bem-estar é um desafio constante que, além de boa alimentação e atividade física, nos exige visitas regulares ao médico e realização frequente de exames, sem contar vacinas e medicamentos.

Para cada um desses serviços, uma série de soluções no campo técnico, estratégico e gerencial vem sendo desenvolvidas, incluindo um programa de certificação profissional, dirigido à educação continuada dos profissionais, a fim de que os serviços possam ser providos da forma mais segura para a população.

Este projeto permite que as empresas do varejo farmacêutico dêem um salto de qualidade na prestação de serviços, integrando estes estabelecimentos ao sistema de saúde e ampliando o acesso da população a serviços essenciais de saúde.

Já são mais de 1.700 farmácias em todo país com sala de serviços farmacêuticos criadas, e mais de 9.000 profissionais encontram-se em processo de capacitação. O projeto tem como meta para os próximos anos qualificar 20.000 profissionais e expandir a oferta de serviços farmacêuticos a pelo menos 3.000 farmácias em todo Brasil.

A Abrafarma representa as maiores redes de farmácias do país, totalizando mais de 7 mil estabelecimentos e responde por 43% do mercado farmacêutico de varejo. Esta é mais uma iniciativa da ABRAFARMA no sentido de ampliar a atuação das farmácias no Brasil, oferecendo um importante acesso e suporte à saúde dos brasileiros.

Cassyano J Correr

Coordenador do projeto

Redes associadas à Abrafarma participantes do projeto;