O que é o programa Colesterol em Dia?

O programa “Colesterol em dia” é o serviço oferecido pelo farmacêutico nas farmácias e drogarias, a pacientes com suspeita ou diagnóstico confirmado de hiperlipidemias e doenças ateroscleróticas.

Esse serviço visa colaborar para detecção rápida, orientação e encaminhamento de pessoas com alterações dos níveis de lipídeos sanguíneos, para diagnóstico médico e tratamento apropriado. Além disso, o programa auxilia os pacientes a compreenderem melhor sua condição clínica e tratamento, estimulando o autocuidado apoiado e o alcance de resultados terapêuticos ótimos.

Em um ambiente confortável e privado da farmácia, os pacientes são atendidos pelo farmacêutico, que realiza uma avaliação global dos fatores de risco cardiovasculares do paciente, e efetua testes rápidos para determinação dos níveis de lipídeos séricos (colesterol total, HDL-C, LDL-C, triglicerídeos). Os pacientes são então orientados de forma personalizada e recebem um relatório detalhado dos resultados desta avaliação, que pode ser compartilhado com o médico e outros profissionais de saúde.

Após esta avaliação, pacientes podem aderir a um programa de acompanhamento, durante o qual é mantido um diário, são feitas avaliações periódicas, e orientação continuada sobre adesão ao tratamento, uso correto dos medicamentos e mudanças no estilo de vida. Estes encontros podem ser desde mensais até semestrais, dependendo da necessidade de cada paciente. Os atendimentos de retorno também podem coincidir com a aquisição mensal de medicamentos na farmácia.

Colesterol em Dia - Serviço Farmacêutico da ABRAFARMA

Quais são as vantagens para o paciente?

As doenças cardiovasculares isquêmicas representam, ainda hoje, a principal causa de morte nos países de média e alta rendas, segundo a Organização Mundial da Saúde. Apenas em 2012, foram registradas mais de 17 de milhões de mortes relacionadas a essas doenças em todo mundo (LASLETT et al., 2012). O colesterol elevado é considerado o principal fator de risco modificável da doença aterosclerótica e de suas manifestações clínicas, como acidente vascular cerebral (AVC) e infarto agudo do miocárdio (IAM) (STAMLER; WENTWORTH; NEATON, 1986). Ensaios clínicos de terapias de redução do colesterol demonstraram benefícios consistentes em curto prazo para pacientes com doença arterial coronariana estabelecida e em longo prazo para aqueles com hipercolesterolemia (AZEN et al., 1996; BROWN et al., 1990; DE GROOT et al., 1998; HERD et al., 1997; JUKEMA et al., 1995; LAROSA; HE; VUPPUTURI, [S.d.]; MARCHIOLI et al., 1996). Serviços farmacêuticos clínicos podem contribuir significativamente para o controle dos níveis de lipídeos sanguíneos e para redução de desfechos cardiovasculares (ALTOWAIJRI; PHILLIPS; FITZSIMMONS, 2013; CHARROIS et al., 2009, 2012; TAHAINEH et al., 2011). Como exemplo, revisão sistemática publicada no periódico Pharmacotherapy em 2012, indicou que pacientes que receberam cuidado farmacêutico apresentaram níveis de colesterol total significativamente menores, e maiores chances de alcançar controle lipídico adequado, particularmente com redução nos níveis de LDL-C (CHARROIS et al., 2012).

Fontes Bibliográficas