icon-arrow

Cadastro finalizado com sucesso.

Sua farmácia já está cadastrada e aguarda aprovação da administração da ABRAFARMA para ser publicada.

Cadastro finalizado com sucesso.

Seu cadastro está finalizado com aprovação da administração da ABRAFARMA.

Cadastro EAD finalizado com sucesso.

Seu cadastro nos cursos livres está finalizado com aprovação da administração da Abrafarma.

Cadastro associado finalizado com sucesso.

Seu cadastro de associado está finalizado e aguarda aprovação da coordenação farmacêutica da sua empresa.

O que é o programa imunização?

A imunização consiste em um serviço oferecido pelo farmacêutico nas farmácias e drogarias, a pacientes com necessidades relacionadas a vacinação. O programa visa a orientação sanitária individual, a aplicação de vacinas, a vigilância farmacológica e o acompanhamento dos esquemas de vacinação dos pacientes.


Esse serviço promove, através das farmácias, a ampliação do acesso das pessoas e suas famílias à proteção individual contra doenças importantes, além de difundir informações sobre vacinas e medidas preventivas. O programa auxilia os pacientes a compreenderem melhor seu calendário de vacinação, estimulando o autocuidado apoiado e o alcance de melhores resultados em saúde.

Em um ambiente confortável e privado da farmácia, os pacientes são atendidos pelo farmacêutico, que realiza uma avaliação da situação vacinal do paciente. Os pacientes são então orientados de forma personalizada sobre a necessidade de atualização de seu esquema de vacinação. Dependendo de cada situação, os pacientes recebem as vacinas diretamente na farmácia.

Pacientes que aderem ao programa de imunização da farmácia recebem um calendário de vacinação, ou diário da saúde, onde podem manter em dia seu acompanhamento vacinal. Além disso, os pacientes contam com a orientação dos farmacêuticos para manejo de reações adversas ligadas às vacinas, e dúvidas sobre imunização, com cobertura para toda família.

exercicios-fisicos-diabete-em-dia

Quais são os benefícios para os pacientes?


Cuidados em saúde de qualidade para pacientes incluem dois elementos fundamentais: o tratamento adequado para a doença atual e cuidados preventivos adequados para diminuir futuro declínio da saúde. Durante o último século, os cuidados preventivos de saúde tornaram-se um aspecto importante, levando a melhorias significativas na saúde em geral (CDC, 1999).

A imunização é uma das medidas mais eficazes de saúde preventiva e evitou o óbito ou a incapacidade grave de inúmeras pessoas. Entretanto, muitos pacientes não aderem adequadamente aos esquemas de vacinação, ou não são orientados e acompanhados por profissionais habilitados. As taxas de imunização permanecem inferiores às ideais, principalmente na idade adulta (McQuillan, 2002; CDC, 2004; 2012; Santibanez et al.,2013).

É de extrema importância conscientizar a população sobre a importância da imunização e garantir o acesso às vacinas e o acompanhamento do esquema de vacinação. Um dos exemplos mais dramáticos dos benefícios da imunização adequada é a queda acentuada nos casos de infecções invasivas por Haemophilus influenzae tipo b (Hib) desde a introdução de vacinas conjugadas contra Hib em dezembro de 1987. O número de casos em crianças menores de cinco anos de idade já diminuiu mais de 99% até o ano 2000 (CDC, 2002).

O programa de imunização é de extrema importância dada a necessidade de avaliação de importantes fatores na administração de vacinas, incluindo o tipo de imunização a ser utilizada, o procedimento de aplicação das vacinas, a necessidade de manejo de reações adversas pós-vacinação, o armazenamento adequado das vacinas, a definição das próximas doses de vacinas e o acompanhamento do esquema de vacinação.


Fontes


Centers for Disease Control and Prevention (CDC). Adult vaccination coverage–United States, 2010. MMWR Morb Mortal Wkly Rep 2012; 61:66.

Centers for Disease Control and Prevention (CDC). Influenza and pneumococcal vaccination coverage among persons aged > or =65 years and persons aged 18-64 years with diabetes or asthma–United States, 2003. MMWR Morb Mortal Wkly Rep 2004; 53:1007.

Centers for Disease Control and Prevention (CDC). Progress toward elimination of Haemophilus influenzae type b invasive disease among infants and children–United States, 1998-2000. MMWR Morb Mortal Wkly Rep 2002; 51:234.