icon-arrow

Cadastro finalizado com sucesso.

Sua farmácia já está cadastrada e aguarda aprovação da administração da ABRAFARMA para ser publicada.

Cadastro finalizado com sucesso.

Seu cadastro está finalizado com aprovação da administração da ABRAFARMA.

Cadastro EAD finalizado com sucesso.

Seu cadastro nos cursos livres está finalizado com aprovação da administração da Abrafarma.

Cadastro associado finalizado com sucesso.

Seu cadastro de associado está finalizado e aguarda aprovação da coordenação farmacêutica da sua empresa.

Dois terços dos adultos podem estar em falta com a vacinação

Scritta postou dia 05/02/2018 (atualizado 5 de Fevereiro de 2018)


A GSK lançou a campanha global Vaccinate for Life (Vacinação pela Vida). O objetivo é aumentar a conscientização sobre a importância da vacinação ao longo da vida, além de estimular a interação entre profissionais de saúde e seus pacientes adultos a respeito de quais vacinas podem estar disponíveis para esta faixa etária.

Para aprofundar ainda mais a discussão, o laboratório encomendou uma pesquisa conduzida pelo Instituto Ipsos MORI no segundo semestre de 2017. O levantamento, realizado com 6.002 adultos acima de 18 anos do Brasil, Alemanha, Índia*, Itália e Estados Unidos, apresentou conclusões alarmantes:

  • 15% dos adultos acreditam que as vacinas são recomendadas somente para crianças e/ou bebês e 21% consideram a vacinação apenas para fins de viagem
  • Aproximadamente três em cada dez adultos reportaram não terem tomado nenhuma vacina potencialmente relevante para essa faixa etária nos últimos cinco anos
  • 60% dos adultos dizem que não receberam informações da saúde pública sobre a importância da vacinação nessa faixa etária**
  • 53% dos adultos pesquisados concordaram que, apesar de ter uma vida saudável ser importante, eles provavelmente dariam prioridade a outro tipo de serviço de saúde em detrimento da vacinação.

Quando indagados sobre o porquê de não estarem em dia com a vacinação, os entrevistados mencionam a falta de recomendação e/ou discussão com profissionais de saúde sobre a necessidade da imunização na fase adulta. “Diversas fontes de informação seriam úteis para ajudá-los a entender, registrar e monitorar as vacinas”, ressalta o Dr. Thomas Breuer, diretor médico da GSK Vaccines Global. 

* Dados da Índia são baseados apenas em 6 cidades (Mumbai, Delhi, Bangalore, Kolkata, Chennai e Hyderabad)

** Pergunta feita na Índia, Estados Unidos, Alemanha e Itália

Fonte: GSK